terça-feira, 3 de julho de 2012

CINESESC: MOSTRA ADRIAN COWELL

CINESESC APRESENTA MOSTRA COM DOCUMENTÁRIOS DE ADRIAN COWELL
Evento apresenta filmes realizados pelo cineasta inglês ao longo de 50 anos na região da Amazônia

O CineSesc apresentará, de 5 a 12 de julho, a mostra “Amazônia 50”, que conta com documentários realizados pelo cineasta inglês Adrian Cowell. Com registros da região amazônica, Cowel acompanhou o processo de colonização da região e todas as lutas envolvendo questões ambientais e sociais que marcaram a história da mais importante floresta do mundo por mais de 50 anos. Além disso, o documentarista gravou imagens e depoimentos de Chico Mendes e dos irmãos Villas-Boas, entre outros nomes importantes da região.
 Nascido na China e criado na Inglaterra, Cowell esteve no Brasil pela primeira vez em 1957. Voltou constantemente até 2011, ano em que morreu. Entre os principais destaques da mostra está a exibição do filme “Matando por Terras”, rodado na fronteira leste da Amazônia, ao longo da rodovia Belém-Brasília, em 1986, período em que foram assassinadas mais de 100 pessoas. O filme teve sua exibição proibida no Brasil por mais de 25 anos.
“Amazônia 50” também conta com uma mesa de debates composta por Marina Silva, Vicente Rios, Aurélio Michiles e Barbara Bramble, com mediação do curador da mostra, Felipe Milanez. 

PROGRAMAÇÃO
MOSTRA 50 ANOS DE AMAZÔNIA – meio século do cinema documental de Adrian Cowell
De 05 a 12 de julho de 2012


05 quinta-feira
20h ABERTURA
20h30 MATANDO POR TERRAS(52min)
21h30 Mesa de debates composta por Marina Silva, Vicente Rios, Aurélio Michiles e Barbara Bramble,com mediação do curador da mostra, Felipe Milanez.

Marina Silva foi vereadora, deputada estadual, senadora e ministra do Meio Ambiente. Em 2010, foi candidata à presidência da República. Recebeu diversos prêmios pelo seu trabalho em defesa do meio ambiente.Integra o Millennium DevelopmentGoals (MDG) AdvocacyGroup, juntamente com o secretário-geral da ONU.
Vicente Rios é cinegrafista e foi parceiro de Adrian Cowell por 30 anos. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Certificado de Mérito, conferido pela ONU, em 1988 e o Blue RibbonAward, da American FilmandVideoAssociation.
Barbara Bramble, ex-companheira de Adrian Cowell. Diretora da NationalWildlife Foundation (NWF), uma das maiores organizações ambientalistas do mundo. Foi parceira dos trabalhos de Adrian Cowell e o acompanhou em produções na Amazônia e na Ásia.
AURÉLIO MICHILES é cineasta, nascido em Manaus. Dirigiu diversos filmes-documentários. Foi consagrado pelo longa-metragem O Cineasta da Selva (1997), recebendo diversos prêmios nacionais e internacionais.

Felipe Milanezé cientista político, documentarista e jornalista independente.Curador da mostra. 

 06 sexta-feira
                19h MONTANHAS DE OURO (52min) +UMA DÁDIVA PARA A FLORESTA (25min)

21h MATANDO POR TERRAS (52min)
Apresentação da sessão por Stella Penido, Fiocruz.

07 sábado
19h O REINADO NA FLORESTA (26min) + FUGINDO DA EXTINÇÃO (52min)

21h A TRIBO QUE SE ESCONDE DO HOMEM (66min)
Apresentação da sessão por Boojie Cowell, filha do cineasta.

08 domingo
19h CHICO MENDES – EU QUERO VIVER (40min) + O SONHO DO CHICO (25min) + VISÕES DA FLORESTA (26min), de Vicente Rios
Apresentação da sessão por Vicente Rios.

 21h BATIDA NA FLORESTA (59min) + BARRADOS E CONDENADOS (25min)

09 segunda-feira
19h O CORAÇÃO DA FLORESTA (30min) + NAS CINZAS DA FLORESTA (52min)

21h CAMINHO PARA A EXTINÇÃO (30min) + FRAGMENTOS DE UM POVO (52min)

10 terça-feira
19h CHICO MENDES – EU QUERO VIVER (40min) + O SONHO DO CHICO (25min) +VISÕES DA FLORESTA (26min), de Vicente Rios
Apresentação da sessão por Vicente Rios.

21h O DESTINO DO CORONEL FAWCETT (26min) +  NA TRILHA DOS URU-EU-WAU-WAU(52min)
Bate-papo com Vicente Rios após a sessão.

11 quarta-feira
19h O REINADO NA FLORESTA (26min) + FUGINDO DA EXTINÇÃO (52min)

21h A TRIBO QUE SE ESCONDE DO HOMEM (66min)
Apresentação da sessão por Aurélio Michiles.

12 quinta-feira
19h MONTANHAS DE OURO (52min)+ UMA DÁDIVA PARA A FLORESTA (25min)

21h MATANDO POR TERRAS (52min)
Apresentação da sessão por Felipe Milanez.

Informações para a ImprensaF&M  Procultura
Tel.: (11) 3263-0197
Margarida Oliveira: 
margom@uol.com.br
Pâmela Peralta: 
pamela@procultura.
com.br

Nenhum comentário:

"Livre-pensar é só pensar"

www.tudoporamoraocinema.com.br

Minha foto
Nasceu em Manaus-AM. Cursou o Instituto de Artes e Arquitetura-UnB(73). Artes Cênicas - Parque Lage,RJ(77/78). Trabalha há mais de vinte anos em projetos autorais,dirigindo filmes documentários: "TUDO POR AMOR AO CINEMA" (2014),"O Cineasta da Selva"(97),"Via Látex, brasiliensis"(2013), "Encontro dos Sabores-no Rio Negro"(08),"Higienópolis"(06),"Que Viva Glauber!"(91),"Guaraná, Olho de Gente"(82),"A Arvore da Fortuna"(92),"A Agonia do Mogno" (92), "Lina Bo Bardi"(93),"Davi contra Golias"(94), "O Brasil Grande e os Índios Gigantes"(95),"O Sangue da Terra"(83),"Arquitetura do Lugar"(2000),"Teatro Amazonas"(02),"Gráfica Utópica"(03), "O Sangue da Terra" (1983/84), "Guaraná, Olho de Gente" (1981-1982), "Via Láctea, Dialética - do Terceiro Mundo Para o Terceiro Milênio" (1981) entre outros. Saiba mais: "O Cinema da Retomada", Lucia Nagib-Editora 34, 2002. "Memórias Inapagáveis - Um olhar histórico no Acervo Videobrasil/ Unerasable Memories - A historic Look at the Videobrasil Collection"-Org.: Agustín Pérez Rubío. Ed. Sesc São Paulo: Videobrasil, SP, 2014, pág.: 140-151 by Cristiana Tejo.