segunda-feira, 8 de agosto de 2016

AQUELE ABRAÇO...ABERTURA OLIMPÍADAS 2016



Evoé Gil, como te amamos!

Nada poderia ser mais emblemático, mesmo que nos possa parecer um paradoxo, nas circunstâncias da abertura das Olimpíadas do que ouvir num arranjo cool e na voz de Luiz Melodia "Aquele Abraço". 

Gilberto Gil, compôs esta canção em 1969, logo depois de sair da prisão do quartel no Realengo-RJ. Foram 66 dias de cadeia, simplesmente por que era jovem, por que era um artista.

"Aquele Abraço" foi composta para celebrar sua liberdade, acabou por lavar a alma de todos os brasileiros que se sentiam reprimidos pela ditadura, foi um sucesso arrebatador. Esta carta de despedida, quando partia para o exílio, em Londres, ainda hoje, assume (talvez) novos significados. 






Nenhum comentário:

"Livre-pensar é só pensar"

www.tudoporamoraocinema.com.br

Minha foto
Nasceu em Manaus-AM. Cursou o Instituto de Artes e Arquitetura-UnB(73). Artes Cênicas - Parque Lage,RJ(77/78). Trabalha há mais de vinte anos em projetos autorais,dirigindo filmes documentários: "TUDO POR AMOR AO CINEMA" (2014),"O Cineasta da Selva"(97),"Via Látex, brasiliensis"(2013), "Encontro dos Sabores-no Rio Negro"(08),"Higienópolis"(06),"Que Viva Glauber!"(91),"Guaraná, Olho de Gente"(82),"A Arvore da Fortuna"(92),"A Agonia do Mogno" (92), "Lina Bo Bardi"(93),"Davi contra Golias"(94), "O Brasil Grande e os Índios Gigantes"(95),"O Sangue da Terra"(83),"Arquitetura do Lugar"(2000),"Teatro Amazonas"(02),"Gráfica Utópica"(03), "O Sangue da Terra" (1983/84), "Guaraná, Olho de Gente" (1981-1982), "Via Láctea, Dialética - do Terceiro Mundo Para o Terceiro Milênio" (1981) entre outros. Saiba mais: "O Cinema da Retomada", Lucia Nagib-Editora 34, 2002. "Memórias Inapagáveis - Um olhar histórico no Acervo Videobrasil/ Unerasable Memories - A historic Look at the Videobrasil Collection"-Org.: Agustín Pérez Rubío. Ed. Sesc São Paulo: Videobrasil, SP, 2014, pág.: 140-151 by Cristiana Tejo.