quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

O PROJETO AMALUCADO DE HERMAN KAHN FAZ 50 ANOS


2017 está indo pro ralo, literalmente. 

A maioria esmagadora dos brasileiros sentirão zero de saudades. 

Mas, não podemos esquecer que faz 50 anos do estapafúrdio "Projeto dos Grandes Lagos Amazônicos", elaborado pelo Instituto Hudson, do futurólogo norte-americano Herman Kahn, figurinha que inspirou o "Doutor Fantástico/Dr. Strangelove"(1964), filme de Stanley Kubrick . 


A idéia era inundar uma imensa área do Baixo Amazonas e transforma-la num gigantesco lago, parte de Manaus e Belém, por exemplo, ficariam debaixo d'água. 

O projeto foi encomendado e defendido pelo economista e diplomata Roberto Campos, o todo-poderoso ideólogo da ditadura, mas não somente ele, houve quem apoiasse em nome do "progresso e do desenvolvimento" do comercio global.



Os ditadores defendiam a palavra de ordem contra "a internacionalização da Amazônia", "integrar para não integrar", mas na verdade, logo no segundo dia pós Golpe 64, eles entregaram de "mãos-beijadas" as jazidas aonde hoje se encontra Carajás para as empresas norte-americanas: U.S. Steel e United States Steel. Anos depois venderam ao governo brasileiro por outros milhões de dólares. Quanto isso, a intervenção atabalhoada na Amazônia causou uma devastadora desordem fundiária, consequências nefastas que até hoje empapa de sangue e injustiças a região amazônica.

Nenhum comentário:

"Livre-pensar é só pensar"

www.tudoporamoraocinema.com.br

Minha foto
Nasceu em Manaus-AM. Cursou o Instituto de Artes e Arquitetura-UnB(73). Artes Cênicas - Parque Lage,RJ(77/78). Trabalha há mais de vinte anos em projetos autorais,dirigindo filmes documentários: "TUDO POR AMOR AO CINEMA" (2014),"O Cineasta da Selva"(97),"Via Látex, brasiliensis"(2013), "Encontro dos Sabores-no Rio Negro"(08),"Higienópolis"(06),"Que Viva Glauber!"(91),"Guaraná, Olho de Gente"(82),"A Arvore da Fortuna"(92),"A Agonia do Mogno" (92), "Lina Bo Bardi"(93),"Davi contra Golias"(94), "O Brasil Grande e os Índios Gigantes"(95),"O Sangue da Terra"(83),"Arquitetura do Lugar"(2000),"Teatro Amazonas"(02),"Gráfica Utópica"(03), "O Sangue da Terra" (1983/84), "Guaraná, Olho de Gente" (1981-1982), "Via Láctea, Dialética - do Terceiro Mundo Para o Terceiro Milênio" (1981) entre outros. Saiba mais: "O Cinema da Retomada", Lucia Nagib-Editora 34, 2002. "Memórias Inapagáveis - Um olhar histórico no Acervo Videobrasil/ Unerasable Memories - A historic Look at the Videobrasil Collection"-Org.: Agustín Pérez Rubío. Ed. Sesc São Paulo: Videobrasil, SP, 2014, pág.: 140-151 by Cristiana Tejo.