segunda-feira, 23 de abril de 2012

TV CULTURA AMEAÇADA - OLHO VIVO

Estranho! 

 

A ditadura não conseguiu acabar com a TV Cultura-SP, mesmo depois de assassinar um do seus diretores Vladimir Herzog. Agora em pleno Brasil democrático essa ameaça está se tornando uma realidade? 

Devemos ficar de olho nas tentativas em desmerecer os valores intrinsecos das TVs públicas, compara-la aos índices de audiências dos canais e redes comerciais é confundir o cidadão. 

As TVs Culturas constituem uma conquista de qualidade, um patrimônio coletivo, não pertence nem esse ou aquele partido ou ideologia. Mas caso se volte ao pífio argumento de custos e ônus fica a qui o registro: 

"O endividamento não deve ser politizado nem pode ser pretexto para a morte do nosso espirito, pois seria a morte dos melhores conteúdos de nossa infância e dos maiores desafios do cidadnao adulto" - Jorge da Cunha Lima.

Nenhum comentário:

"Livre-pensar é só pensar"

www.tudoporamoraocinema.com.br

Minha foto
Nasceu em Manaus-AM. Cursou o Instituto de Artes e Arquitetura-UnB(73). Artes Cênicas - Parque Lage,RJ(77/78). Trabalha há mais de vinte anos em projetos autorais,dirigindo filmes documentários: "TUDO POR AMOR AO CINEMA" (2014),"O Cineasta da Selva"(97),"Via Látex, brasiliensis"(2013), "Encontro dos Sabores-no Rio Negro"(08),"Higienópolis"(06),"Que Viva Glauber!"(91),"Guaraná, Olho de Gente"(82),"A Arvore da Fortuna"(92),"A Agonia do Mogno" (92), "Lina Bo Bardi"(93),"Davi contra Golias"(94), "O Brasil Grande e os Índios Gigantes"(95),"O Sangue da Terra"(83),"Arquitetura do Lugar"(2000),"Teatro Amazonas"(02),"Gráfica Utópica"(03), "O Sangue da Terra" (1983/84), "Guaraná, Olho de Gente" (1981-1982), "Via Láctea, Dialética - do Terceiro Mundo Para o Terceiro Milênio" (1981) entre outros. Saiba mais: "O Cinema da Retomada", Lucia Nagib-Editora 34, 2002. "Memórias Inapagáveis - Um olhar histórico no Acervo Videobrasil/ Unerasable Memories - A historic Look at the Videobrasil Collection"-Org.: Agustín Pérez Rubío. Ed. Sesc São Paulo: Videobrasil, SP, 2014, pág.: 140-151 by Cristiana Tejo.