quinta-feira, 5 de abril de 2018

MANAUS, 1968


A HISTÓRIA É OPOSIÇÃO

Manaus, 5 de abril 1968 - meio século. Mesmo que a nossa historia, em geral, seja escrita entre Rio-São Paulo, por isso mesmo se faz necessário lembrar da luta dos estudantes universitários e do ensino médio durante o assassinato do estudante Edson Luis, no Rio de Janeiro.

A cidade de Manaus, mesmo sitiada por viaturas do Exército, carros de bombeiros, CIGS, mais de cem homens fardados e muitos outros a paisana infiltrados no meio dos 2 mil estudantes reunidos na Praça São Sebastião decididos à romper o silêncio, o medo e sair em passeata pela cidade. 


Tudo isso sob o olhar furioso do general Edmundo da Costa Neves que comandava pessoalmente o aparato repressivo. 

Ao final, os estudantes liderados pelo universitário Edson de Oliveira e pelo secundarista Narciso Lobo na sacada da sede da UESA - União dos Estudantes do Amazonas, deram o seu recado. 


Alguns anos depois, por vingança e covardia, a ditadura mandou demolir o prédio da UESA, eles sabiam do valor simbólico daquela sede de resistência pela democracia.

Nenhum comentário:

"Livre-pensar é só pensar"

www.tudoporamoraocinema.com.br

Minha foto
Nasceu em Manaus-AM. Cursou o Instituto de Artes e Arquitetura-UnB(73). Artes Cênicas - Parque Lage,RJ(77/78). Trabalha há mais de vinte anos em projetos autorais,dirigindo filmes documentários: "TUDO POR AMOR AO CINEMA" (2014),"O Cineasta da Selva"(97),"Via Látex, brasiliensis"(2013), "Encontro dos Sabores-no Rio Negro"(08),"Higienópolis"(06),"Que Viva Glauber!"(91),"Guaraná, Olho de Gente"(82),"A Arvore da Fortuna"(92),"A Agonia do Mogno" (92), "Lina Bo Bardi"(93),"Davi contra Golias"(94), "O Brasil Grande e os Índios Gigantes"(95),"O Sangue da Terra"(83),"Arquitetura do Lugar"(2000),"Teatro Amazonas"(02),"Gráfica Utópica"(03), "O Sangue da Terra" (1983/84), "Guaraná, Olho de Gente" (1981-1982), "Via Láctea, Dialética - do Terceiro Mundo Para o Terceiro Milênio" (1981) entre outros. Saiba mais: "O Cinema da Retomada", Lucia Nagib-Editora 34, 2002. "Memórias Inapagáveis - Um olhar histórico no Acervo Videobrasil/ Unerasable Memories - A historic Look at the Videobrasil Collection"-Org.: Agustín Pérez Rubío. Ed. Sesc São Paulo: Videobrasil, SP, 2014, pág.: 140-151 by Cristiana Tejo.