terça-feira, 27 de novembro de 2007

ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA - O BLOG





Uma da melhores notícias de produção cinematográfica do ano (entre nós), sem duvida, foram as filmagens de “BLINDNESS”, dirigido por Fernando Meirelles, uma adaptação do best-seller "Ensaio sobre a cegueira" de José Saramago - Nobel de literatura.

No elenco tem show de bola com Juliane Moore, Danny Glover, Alice Braga, Gael García Bernal, Mark Rufallo entre outros.

DIÁRIO DE BLINDNESS
"Se puderes olhar, vê. Se podes ver, repara." Livro dos conselhos
O diretor Fernando Meirelles, entre tantos outras ocupações (como não fossem poucas) resolveu registrar no blogdeblindness.blogspot.com tudo sobre as filmagens e bombou, a moçada compareceu em massa, alguns tem mais de cem acessos.

Fernando generosamente (não diria inovou), mas com certeza veio ao encontro de quem se interessa pelo trabalho no cinema, refiro-me aos bastidores: concepção e o porquê da escolha deste romance, produção, roteiro, montagem, direção de elenco, fotografia, direção de arte, figurinos, locação, etceteras.
A “COZINHA” CRIATIVA DO DIRETOR

Existe muitos outros livros, reportagens e making of capaz de revelar os bastidores de uma filmagem (Apocalypse Now- O apocalipse de um cineasta/ “Hearts of Darkness:A Filmmaker’s Apocalypse,1991, dir. Fax Bahr, George Hickenlooper e Eleanor Coppola), ou o livro “Filme: um retrato de Hollywood” (Picture, 1952), que é uma excepcional reportagem assinada por Lillian Ross sobre a produção do filme “A glória de um covarde” / The red of courage, 1951, de John Huston. Nessa mesma importância podemos indicar o blog “DIÁRIO DE BLINDNESS” de Fernando Meirelles, um pedagogico relato sobre o dia-a-dia da produção de um filme - sem maquiagens.

Com certeza vale mais que um bônus aos alunos de qualquer escola de cinema, sem exagero. EXPERIMENTEM! Ele mesmo em mensagem trocada comigo (17.nov) comenta:

“Sempre escrevo estes textos pensando em estudantes de cinema. Nossos colegas costumam mitificar nossa profissão (talvez para valorizar o passe) e por isso mesmo, mostrar algumas inseguranças nesse processo, pareça meio estranho às vezes.”

Nenhum comentário:

"Livre-pensar é só pensar"

www.tudoporamoraocinema.com.br

Minha foto
Nasceu em Manaus-AM. Cursou o Instituto de Artes e Arquitetura-UnB(73). Artes Cênicas - Parque Lage,RJ(77/78). Trabalha há mais de vinte anos em projetos autorais,dirigindo filmes documentários: "TUDO POR AMOR AO CINEMA" (2014),"O Cineasta da Selva"(97),"Via Látex, brasiliensis"(2013), "Encontro dos Sabores-no Rio Negro"(08),"Higienópolis"(06),"Que Viva Glauber!"(91),"Guaraná, Olho de Gente"(82),"A Arvore da Fortuna"(92),"A Agonia do Mogno" (92), "Lina Bo Bardi"(93),"Davi contra Golias"(94), "O Brasil Grande e os Índios Gigantes"(95),"O Sangue da Terra"(83),"Arquitetura do Lugar"(2000),"Teatro Amazonas"(02),"Gráfica Utópica"(03), "O Sangue da Terra" (1983/84), "Guaraná, Olho de Gente" (1981-1982), "Via Láctea, Dialética - do Terceiro Mundo Para o Terceiro Milênio" (1981) entre outros. Saiba mais: "O Cinema da Retomada", Lucia Nagib-Editora 34, 2002. "Memórias Inapagáveis - Um olhar histórico no Acervo Videobrasil/ Unerasable Memories - A historic Look at the Videobrasil Collection"-Org.: Agustín Pérez Rubío. Ed. Sesc São Paulo: Videobrasil, SP, 2014, pág.: 140-151 by Cristiana Tejo.